O dia seguinte…

Relendo os textos de 2008 para cá percebo que não sou tão ruim escritora da minha própria vida, por mais falta de modéstia que eu possua.

Afinal de contas é minha vida e eu posso me pautar por mim mesma.

Difícil é nesse mundo ser livre de outros pensamentos, como dizia Castañeda. Ser livre de outras influências, pensar por si só e não se influenciar por outras correntes filosóficas, ordens, religiões, grupos e o escambal.

E isso conflita demais com outra linha de pensamento que diz: livrar-se da própria importância.

Eu decidi algum tempo atrás que esse pensamento não condiz comigo. No sentido metafórico penso que ele queria dizer que devíamos nos livrar do ego, de achar que o ego está bom, está preparado, porque nunca se está. Já a compreensão no sentido literal é desfazer-se, esquecer-se de si, não lutar por suas causas, não deixar sua marca no mundo. Eu realmente compreendo que para muitos é mais fácil não deixar nenhuma marca no mundo, tampouco sei se quero deixar uma marca específica nesse mundo. As eras passam, as pessoas vão e voltam e como saber há quanto tempo estamos aqui de fato tentando impregnar nossas marcas nesse mundo?

Os figurantes também vêm e vão, são vários versos unidos, multiversos e no final das contas o universo é só vc.

Huxley diz que é impossível conhecer a verdade intrínseca, é possível conhecer apenas partes ou ângulos da verdade, porque em verdade a verdade é na verdade subjetiva.

Será que existe um momento em que se suspeita de tudo? até mesmo da própria existência? ora parece que há muito me engano não dá pra ser quem se é seguindo algum plano é preciso seguir plano algum.

Eu acredito que seguir plano algum te dá mais margem pra descobrir o que fazer em relação sobre ser quem se é, não estou falando de faculdade ou relacionamentos. Estou falando de gente! Sim, estou falando com você do outro lado da telinha que acredita que precisa ajeitar seu dia feito uma agenda com data, hora e pauta definida, para você que acredita que seu casamento tem que ser perfeito, sua faculdade tem que ter boas notas e sua família tem que ter pessoas com vidas tradicionais.

Eu já estive por aqui diversas vezes, quando eu penso no passado que trilhei até o presente momento não retiraria nada, nenhum escorregão sequer! Era assim que tinha que ser. Tudo. Assim é e assim será. Não tenho quase nada perto da perfeição que imagino que possa existir e eu venho aprendendo tanto com isso…

Se a matrix estivesse perfeita, eu acho que já tinha dado um passo em direção a outro lugar, menos perfeitinho, por isso acredito que o que é agora e o que tem sido, como foi e como será não é mais importante do que o dia seguinte. O poder do dia seguinte…O dia seguinte tem que ser tudo aquilo que dá pra ser, que você queira que seja, que você acredite que pode ser, tem que ser o melhor dia da sua vida com todas imperfeições que podem ter.

Porque atribuímos pobreza como causa da violência?

Eu vejo críticas de Brasileiros baseadas na desigualdade social ou na má distribuição de renda e no final a culpa é sempre responsabilidade do governo.

Sempre me questionei se a causa da violência é a pobreza? para mim pobreza é condição e não causa.
Também prefiro me questionar se é realmente a culpa do governo ou a cultura de todos brasileirinhos e brasileirinhas?

A situação que mais me questionam sempre é a seguinte: o traficante virou traficante porque não teve muita escolha ou oportunidade porque não teve educação.
Descordo, ele tem poder de escolha suficiente para saber que o estado o puniria, porque resolveu virar traficante?
Existem milhares de respostas que se encerram dentro das condições do traficante aqui citado, não importa.
E rebato com outra pergunta e porque o jovem que cresceu na favela e virou engenheiro e conseguiu sair da favela teve oportunidades diferentes do traficante?
A resposta é porque foi conveniente para o pobre do traficante, não diria que era porque não teve opção, mas provavelmente ele teve condições de julgar que virar traficante pode dar cadeia e cadeia não é bom, simples assim.
Eu até seria bem mais escrota em dizer que ele vende droga porque tem gente que compra e usa, mas não vou dizer isso aqui porque é feio e no geral os mesmos Brasileiros que compram as drogas são os que colocam a culpa no governo, mas enfim é o mercado de oferta e procura, caixão não é bom, mas vende porque compram.

A segunda situação que mais me questionam é : Vc ta no Rio ou em SP do alto do seu carro classe média e querem te assaltar, de quem é a culpa?
Vc paga impostos, logo vc deveria ter tranquilidade para andar com segurança nas ruas, não é mesmo?
Reivindicamos então que nosso imposto não está sendo direcionado para segurança?
Mas perai, temos policiais sendo pagos para isso e cadê ele nessa hora?
Talvez, este policial esteja comprado pelo traficante que não conseguiu vender droga e precisa descer o morro para assaltar.
De novo o traficante teve escolha , ele preferiu roubar lá embaixo do que traficar lá em cima e nem vender droga na boca de outro traficante, porque tomar tiro de concorrente não é bom.
Viu , ele sabe o que não é bom? tem poder de escolha.
Essa foi só uma historinha cretina que contei para dizer o que penso e vou te dar apenas um bom motivo para não atribuir violência a desigualdade social:
A India tem a segunda maior população do mundo e sofre com os altos níveis de pobreza, com uma dos piores distribuições de renda já vistas no entanto,alguns indicadores numéricos atestam:para cada 100 mil habitantes, 36,6 são assassinados no Rio de Janeiro e 26 em São Paulo. Em Chennai, Mumbai e Calcutá esse índice é de apenas 1,1 assassinatos para cada 100 mil habitantes; o mais alto índice entre as cidades indianas é o de Nova Délhi, que atinge 4,1; ainda assim. É várias vezes inferior ao índice de violência nas cidades brasileiras: “Oficialmente, foram assassinados no Brasil, na década de 1990, cerca de 300 mil jovens.

A violência está ligada a cultura e não a pobreza ou má distribuição de renda. Pense nisso!

Definimos nossa cultura baseando -se  em nossas escolhas, boas escolhas e se nossas escolhas criam nossas ações , as ações delimitam nosso convívio em sociedade.

Eu acredito em escolhas e vc?

Esconda as cicatrizes e crie outra fábula! (chop suey – system of a down)

Era meia noite ás 11 horas

Era meia noite ás 11 horas. O sol brilhava entre trevas, onde o mudo disse pro surdo que o cego viu o aleijado correndo entre os macacos que comiam capim debaixo dos elefantes que pulavam de galho em galho. O homem por sua vez, nu com a mão no bolso, sentado em uma pedra quadrada totalmente arredondada calado dizia: As 3 melhores coisas do mundo são 2, fuder.

A medida certa da mentira

Ás vezes eu minto
Eu minto que fiz…
Eu minto que não fiz…
Eu minto que faria se fosse outra pessoa…
Eu minto que teria feito diferente se fosse ele ou ela…
A mentira é nossa amiga!
A mentira na medida certa cria vínculos, amizades e até conquista empregos…
E que ás vezes uma mentira bem contada conquista até um coração!
O mais belo da mentira é que ela não dura por muito tempo, vc pode mentir por alguns dias mas não o tempo todo!
Ás vezes a gente começa uma relação mentindo pra si mesmo, sobre a situação anterior, sobre o que virá  e quer mesmo é curtir a vida…
A gente se agarra a mentira como escapatória pra dizer que a gente sabe de alguma coisa, pra dizer que tá tudo bem, pra dizer que aprende com os erros dos outros…
A gente mente muito na fala, mas mente mais ainda no olhar e mente até no sorriso…
Aquele sorriso falso pro chato do seu trabalho…
Viu ai: o sorriso falso, é tolerância! Repito: tolerância!!!

Quando vc mente vc está criando uma situação amena, menos constrangedora e até de certa forma se importando com o próximo.
Mentir na medida certa faz você acreditar  que tudo pode ser e que no final das contas pode acabar virando verdade!!!

A máquina

A máquina está sempre atravessando a nossa vida
A máquina está sempre te chamando pra dançar

Observar as oportunidades da vida
Observar um ônibus passando
Observar uma folha que se desprende do galho no momento em que vc corre para pegar o ônibus

As coisas mais grandiosas começam despretensiosas
A grande pretensão só gera expectativas
Observar uma flor que se desprende do alto de uma árvore no momento em que vc corre para chegar ao trabalho
A máquina está sempre atravessando a nossa vida
Sentar ao lado de alguém no ônibus e perguntar como foi seu dia
Olhar nos olhos de um desconhecido
A máquina está sempre te chamando pra dançar
Olhar nos olhos de todos
Pegar o metrô lotado
Sentar ao lado de alguém no metrô e olhar nos seus olhos
A máquina está sempre atravessando a nossa vida
A máquina está sempre te chamando pra dançar

Eu mato gigantes

Já faz um tempo eu li um quadrinho que se chama I kill giants que não obstante também me foi presenteado por um amigo nerd. Essas pessoas que aparecem me indicando coisas do nada, eu não sou muito de ouvir, mas algumas pessoas promissoras como essa, faço questão de conferir o produto. Mesmo que não fosse um presente eu iria atrás. E explico “o pessoa promissora”! Promissora no sentido de que promete demonstrar muito mais! Geralmente essas pessoas acham que o mundo não espera nada delas e apesar de euzinha saber que esperar pelo próximo é um ato egoico, é muito mais espelhado no ato de inspirar as pessoas do que fazer algo por você. Well, diante do quadrinho eu fiz um poeminha poderia se chamar de muitas coisas mas, eu quis chamar de: “Eu mato gigantes”. Bom, pelo menos a mim, ele inspirou.

Eu mato gigantes

Eu quero ser pequena dentre os gigantes e grande em meio aos pequenos
Nunca ser vista com olhos pequenos perante os  gigantes e nunca suficientemente grande perante os olhos dos pequenos
Quero a grandeza na simplicidade das ações e a minúncia do reconhecimento para que haja grandeza nos pequeninos e nos gigantescos.
Reconhecer meus próprios gigantes é olhar para os meus atos pequenos tingidos por uma mera capa de invisibilidade egoica
Olhar para dentro e ver que o maior gigante é vc mesmo e que só com muita luta é possível destruí-los, uma batalha diária que talvez seja finda um dia.
E por isso que não basta domá-los é preciso extingui-los ás vezes vc acha que eles estão sob controle e de repente estão apenas escondidos.
Olhai e vigiai… por essas e outras eu mato gigantes.

A cobrança é algo inevitável…

A cobrança é algo inevitável, ela sorrateiramente sai de sua mente, caminha até sua boca e produz aquele som legitimo e inigualável: “Chegou sua vez!” Andei pensando nisso esses dias, porque cobro tanto as pessoas ao meu redor que fica nitido que a chata da parada, sou eu! E também ficou impossível não lembrar dessas historinhas…bobinhas, mas nem tanto que meu namorado me contou uma vez para refletir:

– Vc está há uma certa distância e vê uma cobra se aproximando de você… O que vc faz, sem pestanejar caso, não tenha nenhum material próprio para causar a morte deste animal sorrateiro?

Sem dúvidas nenhuma você sai correndo, porque vc sabe que ela vai chegar até você e vai te picar, é como se a chegada dela fosse inevitável…Em outras palavras a cobra te Cobra! ( estou escrevendo isso com uma sensação de que falar de mim, talvez não seja tão legal, mas já que existe todo esse egocentrismo no blog, vou continuar!)

Pensei talvez que nessa historinha boba poderiamos substituir a cobra facilmente por outros animais? Creio que me enganei! Pelo que vc substituiria uma cobra? tipo por um leão?! mas hummm… Pensei um um pouco mais e … Vc não fugiria de um leão! Bem você até poderia fugir mas, um pensamento lógico me diz que se você soubesse onde eles estão, vc nem iria lá… Por outro lado, a cobra não é um animal tão fácil de se supor onde irá se achar e acho que esta historinha se encaixa bem porque normalmente vc não saberia onde as cobras estão…

AnyWay existem tantos animais que não vou ficar aqui debatendo qual ficaria melhor ou poderia substitui-la neste pequeno conto… O fato é que o verbo cobrar nos remete ao substantivo cobra. E ao contrário do que muitos pensam a palavra cobra, usada para todos tipos de repteis rastejantes ou serpenteantes está errada, quando na verdade seu uso deveria apenas se aplicar à cobra naja e sua grande familia, às demais conhecidas como jararaca , sucuri são na realidade serpentes… E explico o porque: Os portugueses antes de desembarcarem por aqui tinham passado um pouquinho antes pelas Indias, onde haviam muitas cobras najas e quando chegaram aqui e viram qualquer bicho semelhante… ta dah: Cobras!!!

O lance é que reparei que cobro mais aos outros do que a mim mesma e isso me fez chegar a grande conclusão de quem quer mudanças significativas sou eu e não o resto do mundo ! (Uau , queria um prêmio agora!!! ) Tudo isso implica dizer que eu quero ver uma grande mudança em mim. E é tão certo que aqui se faz , aqui se paga que agora toda essa cobrança exterior recai sobre mim. Recai sobre mim porque agora quem me cobra é o mundo que eu pintei , o universo que eu colori… E vem à cavalo, ele vem numa tremenda insanidade que eu não posso deixar de ser quem eu sou e me lembrar para que vim e para onde devo ir. Eu conto essa experiência omitindo as partes obscuras, sabendo com absoluta certeza que aquilo que você mais quer pro mundo é aquilo que sempre desejou a si mesmo…So Folks, eu termino com: take care what you wish yourself 😉

O Samurai executor

Hoje eu terminei de ler o mangá ou quadrinho de nerd, como preferir, “O samurai executor”, obra de Kazuo Koike e Goseki Kojima e sim foi um empréstimo de um colega porque eu provavelmente não iria atrás de um mangá quando tem tanta coisa boa pra ler!rs

Brincadeiras a parte me espantei com a qualidade dos desenhos embora todo personagem feminino e masculino tivessem a mesma cara!Tum dum tsss Na real os detalhes dos cenários são incríveis, mas os personagens são japoneses… E nós brasileiros confundimos japonês com qualquer espécie de olho puxado, quem dirá japoneses em meio a japoneses?! rs

As histórias são curtas e objetivas, mas logo de cara a primeiro conto é sobre como Asaemon, o personagem central se torna o samurai executor que é antes de tudo um excelente testador de espadas, só que em humanos que são condenados a morte! O Asaemon deve ocupar o cargo do pai, quando o este for ter com Buda e papai como bom samurai que é, diz que está velho demais para continuar com sua profissão e resolve acabar com sua própria vida. Para quem não sabe os samurais consideram a vida preciosa e realizar o hara kiri (http://pt.wikipedia.org/wiki/Seppuku) é parte de um código de honra e um ato nobre, afinal tirar a própria vida é um ato de coragem!

Objetivamente falando o intuito deste parceiro ao me entregar os mangás era aumentar a compreensão sobre a necessidade das existências de executores de vida, carrascos, assassinos, matadores de aluguel e toda corja de vilões imaginários (ironia mode on) e precisa explicar porque tem gente como eu que fica se questionando se o universo não seria melhor sem mortes “matadas” e se o mundo cheio de paz não seria um lugar melhor com gente sorrindo e de mãos dadas cantando “we are the world”! Não, nessa parte não acredito! Foi só para descontrair… Acho que pareceríamos um bando de retardados, mas é justamente nesse ponto que começam as indagações e os famigerados “e Ses”… Deixe me explicar:

– Mas e se for uma situação onde um dos combatentes estiver desarmado?Sorte do que estiver do lado da espada!

– Mas e se um dos combatentes ou vítima estiver despreparado?                       Melhor ainda para o que está preparado!

– Mas e se a essência do individuo é matar então esse mesmo indivíduo está condenado a prisão ou pena de morte?                                                                   Seja além de bom assassino, bom foragido ou será que esse assassino não poderia se alistar no exército ou virar policial? Desta forma estaria tirando vidas de maneira legalizada…

– Mas e se a situação for injusta?                                                                         Aha! E o que é justo para um é justo para todos?

Um dos detalhes que me chamou mais atenção neste mangá é que o kubi kiri Asa (corta pescoço Asa), como o samurai era chamado pelo povo, a principio não me parecia um executor por essência e muito mais por obrigação social da cultura em que se encontrava, mas no decorrer das histórias ele executa cada condenado com tanto apreço, buscando compreender como aquele sujeito havia chegado naquela situação respeitando as diferenças e toda forma de vida que o leitor passa a entender que o destino de samurai executor lhe cai como um presente divino. E aceita que mesmo aquilo tudo sendo algo longe de nossa cultura, ainda assim é aceitável na cultura japonesa além de realizar seu papel de “tira vidas” com tanta perfeição e sabedoria que só mesmo por essência ou muita afinidade e preparação ele realmente está traçando o destino que Deus lhe deu, ou seja, de um samurai executor.

E se me perguntassem se hoje eu compreendo a razão da existência desses seres, responderia que sim e aceitaria como forma da criação Divina, mas ainda julgo que nem toda ação e escolhas também são…

Obrigado especial ao Tarso e aos demais que não desistiram de mim e ainda insistem em quebrar meus tabus me mostrando seus pontos de vista e respeitando os meus passos!

Vc é a favor da educação ou a contra a cota para negros?

Certo, Vc é contra cotas pra negros e deficientes e qualquer tipo de cotas destinadas aos socialmentes desfavorecidos simplesmente por acreditar que deve haver merecimento. Eu concordo plenamente com vc no entanto, explicarei meus motivos para escrever este texto!

Proponho observarmos a partir de um novo ponto de vista e prometo não falar de escravidão ou de problemas indígenas …

Em 2010, 97 milhões de pessoas se declararam negras ,ou seja, o Brasil tem uma população de 50,3% negra. Implica dizer que esses dados não são confiáveis, mas é uma fonte de dados e se seguindo essa linha de raciocínio podemos concluir que não da pra confiar em nada mas,vamos supor que são dados  de credibilidade. Acrescentaremos a esta questão outra informação: 56% vive com renda per capita inferior a um salário mínimo ,ou seja, boa parte dessa população que vive em condições precárias é negra! Precisa ir muito longe!? Espero que não!

Sabemos que o ensino básico Brasileiro é defasado nas pesquisas do pisa que compara o ensino mundial o Brasil esta em 53º lugar atrás da nossa querida Argentina!
Com base nessa afirmação podemos julgar que 68% da população Brasuca ,ou seja,  mais da metade dos Brasileiros não sabe ler e interpretar um texto, analfabetos funcionais: sabem ler mas não compreendem , sabem contar mas não fazem  operações que exigem um pouco mais de raciocínio!    

Partindo para o próximo ponto: podemos pensar o seguinte o preço médio de uma escola particular no Brasil é em media R$ 1100 pila e isso não chega nem a ser uma excelente escola, isso é só uma escola particular  que equivale dizer que boa parte dos trabalhadores assalariados certamente não podem pagar por um bom ensino para seus filhos e já que esse grupo compõe a maior parte do quadro então, a formação da nação brasileira é uma bos…

Mas, sejamos otimistas o governo cria um plano de ação pra beneficiar os caras que “não estudaram e levaram o ensino nas coxas?!” E vc diz: “problema deles que não estudaram…”
Vejamos o outro lado da moeda

Dos 40 mil estudantes egressos de escolas públicas inscritos, apenas 2.709 tiveram sucesso e ingressaram efetivamente na Universidade em 2008. Vamos pegar esse número de indivíduos que prestam vestiba em universidade publica e vieram do colégio público, isto se ele tiver força de vontade pra chegar lá o que já é uma vitoria! E ai você vem e me diz “esse fdp ta roubando a vaga de um merecedor!”, mas não é bem assim até porque esses mesmos candidatos devem prestar Enem antes, muitos nem prestam!
Ok o fdp prestou Enem e atingiu a nota de corte mínima pra entrar em medicina na usp! Não mais uma vez não! Esse mesmo desgraçado precisa ter uma nota mínima de 73 questões de 100 na fuvest! Esse fdp que acertou 73 questões, esse pobre, negro e coitado, vitima da sociedade (figura de linguagem Ironia) acertou quase 80% de uma das provas mais difíceis da America Latina haja visto que a USP ficou em primeiro lugar de excelência  de ensino da AL! Será que esse coitado é tão burro assim? Se vc acredita nisso é muita ingenuidade mas, esse Individuo precisou fazer 2 provas e estudar muito para o vestiba.

 Pessoas com argumentos superficiais diriam eu não vou me tratar com esse negro quando ele for medico, pois foi favorecido e não merecido! Outra vez eu discordo esse individuo entrou na faculdade , se ele não tiver condições nem consegue chegar no segundo semestre! Para vc ser um medico vc precisa de estagiar ou residenciar no ultimo ano de faculdade, em engenharia ele ficaria pra trás em calculo diferencial integral e assim vai todas afirmações contundentes caindo por terra… Além desse mesmo negro ter que provar para toda uma sociedade inteira que sua condição não o limitou!

Ah mas e o Prouni que favorece o estudante de colegial publico? Existe uma avaliação semestral e esse fulano tem que ter uma média acima de 7para permanecer na cota dos burros senão ele perde a bolsa!

E vc que não é caridoso nem elitista e q não cursou faculdade publica pode pensar: “Ainda assim não acho justo !”, mas vc acha justo pagar R$ 1500 mensalidade em uma faculdade particular ?

Finalizarei toda a idéia com o seguinte ponto: em TI trabalhamos para resolver problemas de forma automatizada! Somos de certa forma “solucionadores” de problemas, entendo que dessa forma tratamos o sintoma e não a causa, mas como solucionadora não elimino a criação de uma solução que resolva esta questão mas, crio uma solução temporária, o que chamamos de contingencia ou de um plano B!

Fazendo isso damos condição a maioria dos brasileiros de se beneficiar de cultura e educação, promovendo o crescimento de oportunidades para uma classe desfavorecida para que no futuro essa classe possa melhorar e criar condições para trazer riqueza a essa nação! E ai quem sabe mais pra frente podemos acabar com as cotas …
Obrigado a todos que me fizeram me aprofundar ainda mais nesta questão!

 

Fontes de dados

% de Negros no Brasil

http://www.cartacapital.com.br/economia/a-populacao-negra-brasileira/

Assalariados mínimos

http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2011/06/03/ibge-divulga-dados-demograficos-mais-detalhados-do-censo-2010.htm

Pisa

http://revistaescola.abril.com.br/planejamento-e-avaliacao/avaliacao/pisa-alem-ranking-621959.shtml

analfabetismo funcional

http://pt.wikipedia.org/wiki/Analfabetismo_funcional

Colegios particulares

http://noticias.r7.com/educacao/noticias/melhores-colegios-de-sao-paulo-custam-de-r-1-178-a-r-2-756-20100719.html

TCC  sobre Ensino Medio e Vestibular

http://www.faceq.edu.br/doc/Ensino%20Medio%20e%20a%20preparacao%20para%20o%20vestibular%20da%20faculdade%20Publica.pdf

Notas de corte 2012

http://www.fuvest.br/vest2012/informes/corte_2012.pdf

http://www.oficinadoestudante.com.br/site_novo/info-bixo.php?codigo=3773

 

O Aquario ou Oceano?

Em qual lado do mundo voce vai estar daqui 5 anos? Em um aquario ou oceano?
As pessoas ficam assustadas com essa pergunta.
Elas pensam que sempre e muito tarde, muito tarde para tomar uma decisao seria.

O fato e que as pessoas desacostumaram a sonhar. Elas perdem a coragem de tomar seus lugares no futuro e de la olhar para o presente. Elas continuam sem entender a necessidade de administrar o presente, com um olhar no futuro, pior que isso: O pensamentos delas sempre se projeta no passado. 90% perde seu tempo lembrando de onde vieram , 9 % justificando aonde estao e apenas 1% pensando aonde querem estar.

Bem , vamos virar a piramide de cabeca para baixo. Não importa de onde voce veio ou aonde esta mas, aonde quer chegar! Aqueles que mantem seu olhos no passado são incapazes de olhar para o oceano a frente que os esperam, aonde eles podem dar grandes braçadas. As pessoas se cercam de pessoas pessimistas que anulam qualquer iniciativa sugerida por uma criança, um estudante ou um subordinado para encontrar o caminho para o oceano. Elas criam rituais e regras no aquario, como se fosse o mundo todo. Não eh!

Qual o aquario que mantem o maior numero de prisioneiros? Pode ser uma empresa, um cargo, um chefe manipulador , ou ate mesmo um relacionamento, um contrato, ou ate mesmo um cartao de credito que nos mantem presos em dividas. Um evento nao esperado ou uma catastrofe.

Mas o principal aquario que carregamos, eh o que esta dentro da gente: um modelo preenchido com valores, crenças, padrões e verdades que acabam nos bloqueando de ver o oceano. O aquario esta dentro da gente, nos somos nosso maior competidor. O primeiro passo e pensar como sera daqui alguns anos e principalmente fazer a escolha: O aquario ou o oceano?